REVISTA CARAS EM 2011

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

BARGANHA, TROCA ? COMO ORIXÁS, COM DEUS ? JAMAIS !

Tal qual a Bíblia não ensina a fazer-mos uma barganha com Deus, não somos ensinados a ter que dar tanto para receber tanto.
Deus não se condiciona aos nossos caprichos. Os Sagrados Orixás, Manifestações Divinas distintas manifestada na Natueza, sob Forma de Ocorrência, Lugar, Poder e Energia, como exemplo Rios, Mares, Matas, Serras, Vulcões, Praias, Descampados, Cachoeiras, Chuva, Vento, Raios, Trovões, etc. Não são cumpridores de nossas vontades e não barganham e muito meno...s pedem algo como alguns Sacerdotes sonham e alardeiam. Quando Deus ou determinada Vibração Sua, ou seja Orixá, nos abençoa é pela sua misericórdia e tudo que recebemos é por sua infinita graça. Aliás, os “teólogos da barganha” conhecem pouco acerca da doutrina da graça, uma doutrina tão defendida pelos reformadores. O Deus Todo-Poderoso, Orixás que conhecem tudo e que faz infinitamente mais do que pedimos ou pensamos, está sendo trocado por, gênio da lâmpada, que só é buscado quando precisam de algum favor. Um Deus que tem que cumprir com todos pedidos dos pregadores da Fé em tantas religiões ou para com aqueles que ficam promovendo Entreguinhas, Oferendas e sujando, poluindo com plásticos, parafina, vidros, metal e roupas descartadas, lixi de todo tipo nossas praias, rios, cachoeiras, estradas e pedreiras. Quando não, invadindo propriedade alheia ou emporcalhando esquinas de cidades sem fundamento religioso algum, mas determinado por agum explorador e mercador da fé.

Acordem... Deus quer e aposta na nossa Evolucão, pelos exercícios de grandeza de nossos atos nobres, crescemos através dos erros e acertos, das vivências sentimentais e sociais. Pelo gerenciamento de problemas, provas e expiações. Temos inteligência e racionalidade, temos o livre arbítrio para acertar ou errar. E sempre seremos nossos próprios julgadores no momento oportuno e nesse momento nossa consciência e lembranças são implacáveis e justas.

Precisamos voltar ao brilho original como tínhamos quando criados por Deus e sua Energia deste momento, ou seja nosso Orixá Ancestral.

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis