REVISTA CARAS EM 2011

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis

quinta-feira, 28 de abril de 2016

ogum xoroque



quarta-feira, 20 de abril de 2016

SAUDAÇÕES AOS ORIXÁS E ENTIDADES

 SAUDAÇÕES AOS ORIXÁS E ENTIDADES

Saúde na comunidade de terreiro

O mais importante não é saber a qualidade de seu Orixá, o mais importante é saber qual é o seu Orixá!



Quando comecei frequentar como abiyan uma casa de candomblé a mais de 38 anos atrás, naquele tempo não se falava em “qualidade de Orixá” e nem sabíamos direito do que se tratava, o mais importante para os zeladores da época, era realmente procurar o caminho pelo qual o Orixá (supostamente) se apresentava no seu jogo, era comum um zelador confrontar o jogo com o de seu Babá ou de sua Ìyá ou um outro egbon, não havia vaidade que se vê hoje em dia,...

Dicas em Mediunidade


Seja o mais discreto possível.
Evite comentários pessoais em torno das faculdades de que seja portador.

VODUN AGE (AGUÉ)

OBARAKOSO REZA DE OBARAKOSO

OBARAKOSO REZA DE OBARAKOSO

OBARAFUN REZA DE OBARAFUN

OGUNDATURUKPON REZA DE OGUNDA TURUKPON

O SIGNIFICADO DA ATÁARE PIMENTA-DA-COSTA


Este pequeno grão (atáare, para os iorubás; taki, para os fons; e kupiri, para os bantus) é muito utilizado em quase todos os atos rituais.

terça-feira, 19 de abril de 2016

O significado místico das pedras


O significado místico das pedras

A Nação Cabinda: Angola


A nação Cabinda, originária de Angola, adotou o panteão dos Orixás Iorubas, embora estas divindades Bantus teriam como nome correto Inkince (Orixás, vodun, santos).

Ògún


Aquele cuja capacidade de criar problemas não tem uma pequena medida
Aquele que se move com seu exército de uma luta pra outra.

A dinâmica do uso de Ervas no Candomblé



Nos últimos 100 anos, o Brasil e a África têm compartilhado uma série de informações acerca do culto aos “Deuses africanos”, “Heróis divinizados”, Orixás, Jinkissi, Vodun etc., em busca de um purismo religioso que, pregam os mais tradicionalistas, resgatam as verdadeiras raízes da religiosidade.

Sentido da Vida

Nós, religiosos, lidamos todos os dias com “vidas” e consequentemente com as fases do ser humano, o nascimento que dá sentido a tudo e a morte que vem silenciosa, outras vezes esperada, mas raramente bem vinda, isso porque ela vem acompanhada de um triste adeus e nos faz refletir sobre o sentido da existência. Será que é vim, crescer ou não, e morrer? Parece tão vazio, tão sem razão.

Compartilhe

WhatsApp Windows Gadget Pocket Flipboard Blogger Facebook Twitter Google+ LinkedIn Pinterest Addthis